Ratinho - Pousada Matute 2019

Partindo se São Paulo rumo a Porto Alegre esperando por algumas horas ansiosamente para estar a bordo deste magnifico ônibus chamado de Dourado Bus regado em cima e baixo de bebidas, salgadinhos e compartilhando novas amizades realmente não tem preço. Uma viagem de tantas horas até o destino final em Esquina na Argentina muito divertida e só de pensar quando chega na Pousada Matute só arrumar a tralha tomar café e rumo ao  Paranazão em busca dos Dourados e Surubins. 


Meu terceiro ano consecutivo neste lugar que gosto muito devido a modalidade pesca esportiva com arremessos com iscas artificiais na beira do Rio Paraná, como também apoitado arremessando com iscas vivas Tuviras e de rodada. Caso estiver ventando muito temos a opção de pescar nos alagados onde há concentração de Dourados médios para pequenos mas grande probabilidade de fisgar um belo Surubim.
Geralmente gosto muito de pescar nesta região durantes os meses de Julho, Agosto e Setembro porém este ano escolhi o mês de Agosto e fui acompanhando as temperaturas de baixa e alta, até que na nossa semana não tinha previsão de chuvas mas o frio era muito intenso de chegar ao ponto de congelar os dedos e mãos durantes os arremessos e o vento também não ajudava muito pelo contrario a sensação térmica era de mais frio até que as poucas horas parecesse o Sol.
Mas quando estamos no rio pensamos só nas fisgadas e tudo começa a esquentar. Meus equipamentos Vara Major e Venatur 25 lb ação rápida, Carretilhas Venator Lite e Chrona abastecidas com  linhas de multifilamentos Power Pró 40 Lb e leader de Fluorcarbon Seaguar 50 Lb e diversas iscas artificiais, popers, jigs bem como isca viva Tuvira meu parceiro Fábio e Eu junto com nosso guia Juanti de todas nossas pescarias no Matute partimos  atras dos gigantes. O Interessante durante nossa pescaria algumas fisgadas de outras espécies de peixes de couro foram fisgado.


Mas nosso objetivo era mesmos as fisgadas e saltos dos Dourados, não sei se foi o frio intenso muitas
foram conquistadas quando o Sol aparecia no rio isto se dava bem perto no horário do almoço.


Falando em almoço a Pousada Matute prepara durante os dias de pesca peixes fritos e o delicioso churrasco feito a beira rio, meus amigos pode vir o frio que for é realmente fantástico estas refeições.


Assim passou nossos dias de pesca desta vez realmente não saiu nenhum bom exemplar mas com certeza aproveitamos muito nossa pescaria no rio e só o fato de conhecer novas amizades e compartilhar um pouco das experiencias de pesca por mim vale muito, mas alguns Dourados fisgados por nós:

                                                                                                                                        Bom com certeza irei confirmar  na mesma época a próxima ida no Matute como disse gosto muita da modalidade de pesca bem como das acomodações da pousada bem como de tudo que eles oferecem sempre dentro da maior cordialidade e como sempre indico para meus amigos pescadores esta viajem muito divertida e prazerosa e pra quem gosta de desfrutar bebidas e jogos e uma boa cantoria aqui é esquema perfeito.
Até minha próxima pescaria Pousada Itapará na região amazônica em busca dos gigantes Tucunaré.
  


Ratinho - Pousada Angical

Retornar neste esplendido lugar e paraíso dos Tucunarés Azuis do Rio Tocantis e estar ao lado deste batalhador chamado Mariozan Pesca Esportiva não tem preço que pague este momento impar.
Como sempre e qualquer que seja a pescaria, contando os dias de estar neste local de pesca a Pousada Angical muito simples porém muito acolhedora para nós pescadores situada a beira do Rio Tocantis e com poucos minutos vários pontos de pesca do Tucunaré. Para chegar neste paraíso de pesca é muito fácil, mais uma vez explicarei no meu caso, partindo dos aeroportos de São Paulo com destino a Palmas, depois uma viagem aproximadamente de trezentos km até a cidade de Peixe passando por Gurupi, como diz os mineiros fica logo ai, mas ansiedade de chegar e fisgar este Tucunarés Azuis esquece de tudo e deixa o tempo rolar.
Nesta pescaria utilizei varas 12 Lb - 5.6' de comprimento Orion Sumax com carretilha Venator Lite linha 40 lb Power Pró e leader Seaguar de fluorcarbon 50 lb, uma vara Redai de 17lb - 6'de comprimento com carretilha Shimano Caenan abatecida com linha de 40 lb Power Pró 8 fios e leader de fluocarbon Seaguar 50 lb e outro equipamento uma vara Venator 17 Lb - 6'de comprimento com carretilha Chroma Marine Sport abastecida com linha 40 Lb Vexter X8 e leader de fuocarbon Seaguar de 50lb, diversas iscas artificiais de superfície, meia água, jigs, popers, hélices entre outras, após tudo montado logo no dia seguinte após café da manhã partimos para nossa pescarias de seis dias e como passa rápido quando o lugar é excelente.
Ótimos resultados meu parceiro Fábio e Eu fisgamos vários Tucunarés vistados nos cardumes e nos pontos onde acostumamos a pescar, como podemos ver nas lindas fotos:



 Muitos pontos de pesca explorado e bons resultados obtidos nos outros dias:

A pesca do Tucunaré nas maiorias das vezes é mais uma caçada do que uma simples pescaria de arremessar iscas e o trabalho de fisgá-lo seu comportamento as vezes deixa a desejar muitas mudanças no seu habitat, no meio ambiente na temperatura da água enfim as vezes fica difícil sua captura você determina o lugar começa a trabalhar sempre em nossas mentes aqui há milhões e nada pelo motivo eu considero este desafio mais uma caçada do que um,a simples pescaria, deixando a gente completamente maluco pela pesca esportiva.
Mesmo sendo uma semana complicada só o fato de estar na neste paraíso e rever o grande amigo Mariozan e estar acomodado na Pousada Angical não tem preço que lhe pague, por isso sempre volto aqui em busca de fisgar um bela exemplar de Tucunaré Azul o qual sua coloração me encanta muito bem como ter habilidade e rapidez de tirar o bichão entre pauleiras existente, adrenalina a mil nestas horas.
Agora só pensar na outra pescaria de  fisgar os gigantes Dourados na Pousada Matute - Esquina - Argentina enquanto isso curtir minhas pescarias em Igaratá ao lados dos amigos bem como curtir meu Quest 268.     

Ratinho - Programa a Liga da Pesca


Programa gravado no Rio Mataven - Colômbia ao lado do ilustre amigo apresentador da pesca esportiva e do Programa a Liga da Pesca Johnny Hoffmann
     

   https://www.youtube.com/watch?v=65yb4fg8yR0                                                                                                                     

Ratinho - Rio Mataven - Colômbia/2019

Conhecer  Cristian Vanegas e estar ao lado dos amigos Mario, Johnny Hoffiman, Sergio e Gerson companheiros de pesca Colômbia - Rio Mataven uma aventura e pescaria em tanto, lugar incrível e maravilhoso totalmente cuidado pelo povo indígena da região e o fato que fiquei mais feliz durante minha pescaria, podemos comer qualquer espécie  de peixes exceto os Tucunarés, o rio e suas lagoas e ressacas existem quantidades de peixes e o mais impressionante Tucunarés Borboletas pesando até 12 libras para mim muito raro e nesta semana tive o privilégio de capturar grandes exemplares desta espécie e como disse anteriormente devolve-lo para seu lugar de origem.
Mais uma vez partindo do aeroporto de São Paulo  rumo a Bogotá pernoitando nesta capital e logo no dia seguinte bem cedo partimos para cidade de Puerto Inirida distante uma hora da capital sentido Amazônia Colombiana pernoitamos também e no amanhecer do dia seguinte rumamos para aldeia e acampamento de Cristian Vanegas uma viagem fluvial de dez hora e meia admirando lugares incríveis  e sentindo o bom cheiro da natureza.
Viajar tantas horas chega a pensar que é até cansativo mas ansiedade de chegar e logo por as varas para trabalhar nem se fala, outro fato interessante aqui na região é que não podemos usar garatéias em nossas iscas somente anzóis circulares para não ferir tanto os peixes, são normas indígenas da região  e deve serem respeitadas bem como ao entrar e sair das lagoas os motores dos barcos deve estar desligados para não espantarem os Tucunarés. Na chegada do acampamento praticamente no fim da tarde, fomos recebido calorosamente pelos índios e foram  distribuídos nossas barracas individuais em seguida comecei a montar meus equipamentos.
Minha Tralha: duas varas Venatur sendo de 17 Lb e 25 Lb com duas carretilhas Chrona abastecidas com linhas Vexter X8 e Power Pró 8 fios 40 Lb e Leader de Fluorcarbon Seaguar 50 lb  e duas Varas Redai Mamushi sendo uma de 17 Lb e 25Lb com uma carretilha Shimano Caenan e Venatur Lite abastecidas com linhas Power Pró 8 fios e Leader de Fluorcarbon Seaguar 50 lb e diversas iscas superfícies, meia água, hélices e jigs, com todo este equipamento pronto iniciamos nossa pescaria ao longo de seis dias e grandes resultados foram obtidos na caça ao Tucunaré:




Como também bons exemplares foram obtidos durante pescaria com os parceiros de barco, muito louco este grandes Borboletas:


Estivemos no Rio Mataven no final de Fevereiro e inicio do mês de Março/19 esta época não foram capturados grandes exemplares do Açu devido ao período da desova e cuidado dos alevinos, mas mesmo assim grandes explosões na superfície e muitos peixes escaparam devido ao uso de anzóis.
No retorno a viagem para cidade de Puerto Inirida e começar o regresso para nosso pais de origem, paramos no Rio Oniroco lado Colômbia, para pescar algumas Payaras na parte da correnteza entre as pedras logo em seguida após ter escapado uma, fisguei uma bela Cachorra.


Ultimo dia  é sempre triste para que ama o esporte da pesca mas foi um dia muito especial nosso jantar um churrasco preparado pelo Cheff Brain e por sinal este cara faz uma comida de primeira qualidade tanto no café matinal, almoço preparado em marmitas e o jantar sempre requintado de um bom Cheff em plena floresta colombiana, sobre o acampamento até que é bastante interessante uma barraca com cama e ventilador para cada pescador e do resto é só adaptar.



E para encerrar esta grande noite votos de agradecimento  do cacique da tribo de tudo que foi ocorrido durante nossa pescaria bem como firmando a importância da pesca esportiva preservando as lagoas e o rio bem como principalmente o Tucunaré, tudo isso ao redor de uma grande fogueira.

Portanto para conhecer esta estrutura do Cristian Vanegas - Rio Mataven - Colômbia basta contactar a 3H FISHING  e garanto que irão desfrutar de uma grande pescaria e aventura bem como conhecer lugares super selvagens bem como histórias contadas pelos índios  sobre tudo da região.
Com certeza não irei perder este desafio na próxima aventura e pescaria como também recomendo por que vale a pena conferir para quem é fanático na pesca esportiva do Tucunaré e quem sabe fisgar um belo exemplar de dois dígitos.